//meuladopoetico.com/

Ernane Bernardo

Tecendo o AmorĀ 

Tecendo o Amor 

/Ernane Bernardo/



Teu corpo é caliente 

Quando em chamas, estar o amor 

Aquece-me a alma 

Prendo-me no desejo da pele nua 

Vejo sua pele molhada 

Refrescando a alma 

Se sente desnuda e desejada 

Da boca, o beijo quente 

Estando os dois frente a frente! 

Olhos nos olhos 

Desejos em chamas 

Gotas de suor salinas 

Dos beijos molhados 

Desliza o pescoço 

Num toque fatal 

Deslizando teu corpo sensual! 

Inspiração é o amor 

Inspirado é o poeta 

Vem tecendo em versos 

Em linhas curvas imaginárias… 

Quando os opostos se atraem 

Os corpos se manifestam... 

Deslizando as mãos 

Delineando o progresso 

Seguindo as curvas do universo… 

Tecendo o amor 

Deslancha nos beijos, 

Nos beijos molhados de amor.