//meuladopoetico.com/

Hébron

Deixo

 

 

deixo o coração transbordar

no voo por onde vou

na poesia por onde estou

são as asas de sonhar

na fantasia por onde sou

deixo a razão serenar

no pouso de alguma nuvem

quando no chão aterrissar

altruísta em gotas que tecem

na cantoria por onde soo

deixo a loucura despertar

na pétala e no gosto do pólen

nos caminhos por onde flor

no milagre da abelha

na alma de passarinho

no toque de carinho

do Onipresente em centelha

deixo o coração transbordar